O futuro do trabalho

Como fazer negócios em um espaço de trabalho compartilhado
1 de agosto de 2018
Procura-se Startups
16 de janeiro de 2019

Esta gravura mostra o quão errado (para os dias atuais, não me entendam mal) eram os modelos de antigamente, e que persistem em nossas organizações até hoje. Com a utilização de tecnologia, novas formas de trabalho e consumo consciente, podemos produzir mais gastando menos. Vejamos os conceitos antigos comparados aos de hoje:

Horário fixo X Horário Flexível de trabalho

O foco de qualquer empresa sempre foi e será a produtividadade individual. Nada impede que o mundo, utilizando-se das mais modernas tecnologias, funcione realmente 24 horas. O relógio biológico de cada um funciona de forma diferente. Certas pessoas produzem melhor a noite enquanto outras pela manhã, por que não aproveitamos o melhor de cada um com horários mais flexíveis, sempre e onde possível.

Reduzir os horários de rush no transito, transporte público  lotado, e consequentemente menores investimentos em infra estrutura de transportes, com alocação de recursos em outros setores economicos como saúde, educação e saneamento básico por exemplo, serão consequencias naturais dessa mudança de visão; isto tudo aliado a ganhos reais de produtividade.

Trabalhar no escritório X trabalhar em qualquer lugar

Matematicamente, se gastamos 1 hora de deslocamento de casa para o trabalho, em um carro, onde nos estressamos e nada podemos fazer, teríamos uma economia de tempo incrível. Vejamos

2 horas por dia x 5 dias por semana x 48 semanas por ano (o ano tem 52, mas temos 4 de férias) x 35 anos de trabalho = 16.800 horas, ou 2.100 dias de trabalho (8 horas por dia) que equivalem a 5,75 anos, que são desperdiçados nessa tarefa nada agradável de se deslocar de casa para o trabalho e vice versa. Não vale a pena pensar?

 Usar o equipamento da empresa X usar qualquer equipamento

Aqui temos que observar dois pontos de vista. O da empresa que precisa investir grandes somas de dinheiro disponibilizando equipamentos para os funcionários e o ponto de vista do funcioário, que pode estar melhor adaptado aos seus equipamentos como por exemplo, softwares, computadores, teclados, carros, etc…

A economia em investimentos por parte da empresa possibilita realocar recursos em outras áreas, bem como o funcionário utilizar equipamentos próprios pode aumentar sua produtividade.

Focado nas Demandas X Focado nas entregas

O início da revolução industrial se caraqcterizou pela produção em série, onde a diferenciação de produtos prejudicaria a industrialização e consequentemente a redução de preços e ganhos em escala. Hoje, o importante não é mais a solução para um mercado, mas a solução individualizada, trazendo o foco para a entrega, ou seja para a solução específica para aquele cliente. Hoje, a razão da existencia de qualquer empresa e resolver o problema do cliente e pessoas diferentes precisam de soluções diferentes.

Subir a escada corporativa X Criar sua própria escada

Profissionais altamente produtivos são disputados pelas empresas. Assim, fazer carreira em uma só empresa ainda é possível, mas o adequado em termos de carreira é você se tornar uma pessoa universal, destacando suas habilidades. O profissional que diziamos do futuro, já é o profissional do presente. É o profissional S.A.

Trabalhos pré definidos x Trabalhos customizados

Cada vez mais as demandas são personalíssimas. O que serve para uma pessoa, dificilmente servirá para outra, devendo ser produzida com real economia de recursos e com eficiência para que possa possibilitar lucro. O mundo do presente é de concorrência máxima e raramente vai admitir erros. O cliente será cada vez mais artigo de luxo a ser disputado por bons profissionais. Deixar a desejar na entrega de um serviço pode ser a sua ruina. No passado, um cliente insatisfeito falaria mal de sua empresa para uma dezena de pessoas. Hoje, com as redes sociais, um cliente insatisfeito fala, em tempo real com milhares. Não existe mais espaço para erros. E quando ocorrerem, devem ser resolvidos em tempo recorde.

Esconder informação X Compartilhar informação

Informação é cada dia mais publica e democrática. O Compartilhamento de informações possibilita o crescimento das empresas. Fusões, incorporações, cisões e até mesmo especializações em partes da linha de produção são efeitos importantes nas empresas modernas. Hoje, por exemplo, na cadeia automotiva ou na área de tecnologia, várias partes de um produto são fabricadas por poucas grandes empresas e suas peças utilizadas na montagem de produtos finais de empresas concorrentes. E, se olharmos mais de perto em suas redes, várias possuem sociedades entre elas, potencializando seus mercados. Em verdade, elas são muito mais parceiras que concorrentes. A concorrência hoje está muito mais entre pequenas atividades locais.

Sem Voz X Pode se tornar líder

Todos querem ter vez e voz. Dentro de uma organização modelo antigo ou tradicional, o padrão é hierarquizado, hoje, desponta-se com mais facilidade os verdadeiros líderes pois as organizações são mais horizontais e muto mais focadas no EU S.A para se prestar serviços e no Nós Corp como função social da marca. A tendencia é de se proteger a marca maior, trocando-se o EU S.A. que não se torna um líder real e referencia em sua área.

Depende de e-mail X Depende de tecnologias colaborativas

O e-mail trouxe a velocidade do som ao mundo empresarial que dependia de telex, telegramas e fax (que muitos que me lêem não sabem o que são), enquanto aplicativos como whatsapp, outras redes sociais chegaram a velocidade da luz para o mundo empresarial.

Focado no conhecimento X Focado na aprendizagem adaptativa

O conhecimento é a base de todo progresso humano, mas ele pode ser fruto de aprendizagem adaptativa. E o que seria isso? Simplesmente todos aprendem com todos. As melhores soluções, na maioria das vezes são as mais simples. Nada precisa ser somente pensado pela direção da empresa ou somente pelos funcionários. Na realidade deve ser pensado por todos. Adaptar-se as novas realidades e demandas do mercado, na velocidade que ele exige, requer de todos velocidade, conhecimento e aprendizagem adaptativa. O Novo mundo ou mundo VUCA, requer o acúmulo de conhecimento passado aplicado a velocidade do presente e isso demanda comprometimento e seriedade não mais individualizadas, mas de toda a equipe da empresa. O Você S.A. está danto lugar ao Time S.A., onde a soma de cada elemento exponencia os resultados.

 

Aprendizagem e ensino corporativo X Aprendizagem e ensino democratizado

As duas vertentes são importantíssimas. O ensino democratizado disponibiliza grande gama de informações e conteúdo via web, o que pode ser aplicado a maioria das organizações. Esse é o ensino democratizado. Já o ensino corporativo, não pode ser relegado a segundo plano, pois são os treinamentos voltados àquela identidade empresarial que a torna única, razão de sua existência e  de ser por isso procurada e admirada por seus stakeholders.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FAÇA UMA SIMULAÇÃO